é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Pré Temporada

Publicada em 20 de dezembro de 2022 às 09h27

Chegada de Paiva no Bahia inicia novo estilo de trabalho no dia-a-dia

Nova comissão técnica tricolor tem contrato de dois anos e já inicia implementação da sua metodologia de trabalho no cotidiano do clube

Da Redação

comissao2023
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

A chegada de Renato Paiva no Bahia tem gerado novidades não só pela nacionalidade. Como o próprio técnico já afirmou, o fato de ser português não é o seu diferencial, mas, principalmente, a sua forma de trabalhar no dia-a-dia.

Estudioso sobre o futebol em geral ao longo da carreira, Renato Paiva chegou ao Bahia com conhecimento prévio sobre o Tricolor de Aço.

Buscou conhecer não só o atual elenco, como parte da história do Esquadrão, demonstrando em sua primeira entrevista coletiva – citou o título de 59 e Evaristo de Macedo como sua referência no clube.

Como um técnico moderno, ele sempre buscou se manter atualizado sobre o que é feito em diferentes continentes e esteve atento ao futebol sul-americano mesmo quando treinava o Benfica B. Não à toa, fez trabalho de observação para o Benfica na Argentina e no Uruguai.

Após uma semana no CT Evaristo de Macedo, o treinador tricolor e seus auxiliares e preparadores já dão indícios de um novo jeito de trabalho cotidiano.

Paiva tem demonstrado mais rigor no quesito pontualidade!

Também vem chamando a atenção as reuniões diárias que o técnico propõe antes de cada treinamento, como já foi relatado pela assessoria de comunicação do clube.

Antes das atividades, o técnico explica com detalhes o que será cobrado, além de haver um pré-treino puxado. Há também atividades pós-treino, como alongamentos depois dos treinamentos – que foi comum com o técnico Diego Dabove.

O natural, com a maioria dos treinadores anteriores, era a ida para os vestiários após o fim dos trabalhos com bola.

Em épocas de pré-temporada, sempre foi comum haver atividades em dois turnos, em dias intercalados ao longo da semana.

O técnico tem feito questão de aproveitar ao máximo cada momento de trabalho com o grupo, sobretudo em um início de gestão para a implementação do seu estilo de jogo.

Renato Paiva também tem proposto como novidade uma rotina de reuniões com o staff do clube, o que não era comum em outras épocas, como relata o portal ge.globo.

Aos 52 anos, Paiva tem quase duas décadas de serviços prestados às divisões de base do Benfica, um dos principais clubes de Portugal e de onde traz a maior parte da sua metodologia de trabalho.

Trabalhou ainda como técnico do Independiente del Valle, do Equador, e do Club León, do México, trazendo consigo uma bagagem de atuação em diferentes países.

Renato Paiva trouxe para o Bahia os auxiliares Ricardo Dionísio e Nuno Presume, o preparador físico Antonio Bores, o treinador de goleiros Rui Tavares e o analista de desempenho David Pereira.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.



casas de apostas brasileiras