é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Sulamericana

Publicada em 28 de abril de 2021 às 10h07

Bahia teve 10 jogadores oriundos do time sub-23 contra o Guabirá

Dado exalta importância do time de transição para o Bahia e elogia atletas

Victor de Freitas

time202121
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

A comissão técnica tricolor optou por preservar atletas que não tinham condição física para o jogo desta última terça-feira (27), contra o Guabirá. Com uma equipe formada por uma maioria de reservas e jogadores do time de transição, o resultado foi de 5 a 0.

Após a goleada que poderia ter tido um placar ainda mais elástico, Dado Cavalcanti exaltou a participação dos jogadores do time de transição, como Renan Guedes e Marcelo Ryan.

Em sua colocação sobre a equipe que atuou contra os bolivianos, Dado ressaltou o quão importante é a realização do projeto do time sub-23 para o Bahia.

Sobre os meninos da transição, foram relacionados 10 atletas que tiveram participação da equipe de transição. Alguns mais, outros menos, mas houve 10 jogadores oriundos da transição. E esse trabalho é importante demais para a instituição”.

“Destaco o jogo que o Renan Guedes fez, jogou 90 minutos de forma muito segura e consistente, ofensivamente foi muito bem, deu belos passes, atacou o fundo e defensivamente foi muito seguro”.

“Marcelo entrou e fez dois gols. Ou seja, é motivo de orgulho o que aconteceu, pela quantidade de jogadores que estamos aproveitando e eles dando conta do recado”.

Os jogadores oriundos do time de transição citados por Dado

Renan Guedes é lateral-direito titular do time de transição e colaborou com assistência para o segundo gol de Marcelo Ryan na partida. O atacante também é titular da equipe sub-23.

Ignácio entrou no segundo tempo, substituindo Luiz Otávio, enquanto Matheus Teixeira foi novamente titular. Os dois atualmente são considerados como atletas do elenco principal, mas surgiram no transição e vinham atuando no Campeonato Baiano.

No banco de reservas, também estavam Daniel Penha e Gustavo, outros dois titulares da atual equipe de transição.

Edson também não entrou em campo, mas foi titular absoluto no Baianão 2020 com Dado. Também fizeram parte da equipe sub-23 do ano passado: Matheus Bahia e Alesson.

Apesar de nem sequer ter estreado pela equipe de transição, Patrick de Lucca fez a pré-temporada de 2021 com Cláudio Prates e seria titular no Baiano, mas antes disso foi promovido por Dado à equipe principal.

O número de atletas poderia até ser maior. Raniele já havia sido utilizado por Dado na Copa do Nordeste, mas não foi relacionado contra o Guabirá devido à grande quantidade de volantes.

Do time principal para o transição

Já o goleiro Dênis Júnior foi anunciado para o time principal, mas já atuou em uma rodada do Baianão por necessidade. Ele deve ser novamente utilizado na última rodada, já que Matheus Teixeira está ganhando sequência na ausência de Douglas.

O mesmo percurso é feito por Pablo, este que nem sequer foi relacionado para a partida da Sul-americana, também por conta da concorrência interna. O volante seguirá jogando no Baianão.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.