é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Sulamericana

Publicada em 24 de novembro de 2020 às 21h10

Bahia vence o Unión e fica em vantagem nas oitavas da Sul-americana

Gilberto marcou o gol do triunfo em cobrança de pênalti

Douglas Santana

2020-11-24-20-50_capagilberto199
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Bahia está com a vantagem nas oitavas de final da Copa Sul-americana. No jogo de ida, o Esquadrão venceu o Unión Santa Fe por 1 a 0, na Arena Fonte Nova.

Com o triunfo sem levar gol em casa, o Tricolor de Aço leva a vantagem de poder até empatar na partida de volta para garantir um lugar na próxima fase do torneio.

A partida de volta vai acontecer na próxima terça-feira (01), às 19h15, na Argentina.

O JOGO

Os primeiros 45 minutos da partida foram bem disputados, onde o Bahia buscou explorar o lado esquerdo de ataque com Élber, mas foi Fessin com um chute à queima roupa quem assustou o goleiro argentino logo no início do jogo.

Após isso, a partida deu uma esfriada com muitas faltas para o Unión, que também explorou o lado esquerdo de ataque, aproveitando a fragilidade de Nino Paraíba na defesa.

Mesmo assim o Esquadrão se manteve vivo no jogo, com três chances para abrir o marcador, duas delas com Élber, que acabou esbarrando na defesa adversária que soube suportar bem as investidas do Tricolor de Aço.

Perto do fim do primeiro tempo, os argentinos resolveram fazer uma ronda na defesa do Bahia, exigindo grandes defesas de Douglas. Depois, após um lance de escanteio, a zaga do Bahia afastou mal e no rebote a bola explodiu na trave.

Para descontar, Ronaldo e Anderson Martins, que recebeu atendimento médico durante a partida após sofrer um corte no rosto, arriscaram chutes de fora da área e o Árbitro peruano encerrou a primeira parte do jogo.

SEGUNDO TEMPO

A equipe do Unión Santa Fe voltou com tudo para a etapa final, os primeiros cinco minutos foram dominados pelo time argentino. O Bahia parecia estar ainda no vestiário, Fessin após cochilar no meio-campo, propiciou um ataque perigoso onde Douglas tirou a bola com os olhos.

Aos 15 minutos, o auxiliar Cláudio Prates realizou as primeiras substituições no Bahia: Daniel, Fessin e Ronaldo (amarelado) deram vaga para Rodriguinho, Rossi e Elias.

O Bahia parecia não estar interessado em construir um bom placar para poder ficar tranquilo na partida de volta, o time chegava poucas vezes ao ataque e sofria na defesa com as bolas aéreas do Unión-ARG. Rossi era um dos poucos que buscava o gol.

Aos 33 minutos, o gol tricolor aconteceu! Em pênalti sofrido por Rossi, Gilberto chamou a responsabilidade e estufou as redes argentinas.

No último lance, o goleiro Douglas voltou a brilhar ao defender cabeçada de Elizari.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.