é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Sulamericana

Publicada em 27 de abril de 2021 às 13h00

Conheça o Guabirá, adversário do Bahia nesta terça-feira

Saiba detalhes sobre a história, momento atual e perigos do time boliviano

Victor de Freitas

Nesta terça-feira (27), o Bahia enfrentará mais um time pela primeira vez em sua história. Após encarar o City Torque na abertura da fase de grupos da Sul-americana, o Esquadrão desta vez jogará contra o boliviano Guabirá, em Pituaçu, às 19h15. O ecbahia.com conta detalhes sobre a história e o momento do adversário tricolor.

História e títulos nacionais

Club Social y Deportivo Guabirá é um clube fundado em 1962, sediado na cidade de Montero, que fica 300 metros acima do nível do mar. Como mandante, seus jogos são disputados no estádio Gilberto Parada.

Com 26 participações na primeira divisão boliviana, o clube tem o 8º lugar como colocação média histórica.

Quanto a títulos, seu maior resultado foi a conquista do título nacional da elite boliviana em 1975.

O clube é o maior campeão da história da segunda divisão boliviana, com quatro conquistas, sendo que a última delas aconteceu em 2016.

Retrospecto na temporada 2021

Na atual temporada, o Guabirá soma nove pontos nas cinco primeiras rodadas do Campeonato Boliviano, com três triunfos e duas derrotas, ficando em sexto lugar neste momento.

Na Sul-americana, tem dois triunfos e uma derrota.

Somando as oito partidas oficiais disputadas na temporada 2021, tem cinco triunfos e três derrotas, com 13 gols marcados e 10 sofridos.

Histórico em competições continentais

Desconhecido do público brasileiro, o clube boliviano raramente aparece em competições internacionais. Disputou a Libertadores somente em 1976 e em 1996.

Nos últimos anos, o Guabirá tem se notabilizado por conseguir classificações para a Sul-americana.

A primeira vez que jogou o torneio continental foi em 2018, sendo eliminado na primeira fase pela LDU, do Equador.

Em 2019, também foi eliminado na primeira fase da Sul-americana por mais um equatoriano. Desta vez, foi o Macará.

Já em 2021, conquistou seu primeiro triunfo na competição ao golear o boliviano Nacional Potosí na partida de ida da fase preliminar por 4 a 1. Na volta, venceu por 2 a 1.

Será também o primeiro jogo da história do Guabirá contra um time brasileiro.

O time do Guabirá

Em seu elenco, o Guabirá conta com um total de 24 bolivianos, mas também com jogadores de diversos outros países da América do Sul e até da Europa. A equipe conta com dois argentinos, um paraguaio, um uruguaio, um equatoriano e um espanhol.

Recém-contratado, o equatoriano Kevin Mina marcou três gols em sete jogos é um dos perigos da equipe.

Já o goleador do time boliviano é o veterano centroavante Juan Vogliotti, argentino de 36 anos. Na fase preliminar da Sul-americana, marcou dois gols.

O espanhol do elenco boliviano é Bruno Pascoa, meia de 31 anos que faz carreira na Bolívia. Foi ele quem marcou o gol do Guabirá na derrota por 3 a 1 para o Independiente.

O time titular é: Saidt Mustafá; Fran Supayabe, Martín Galaín, Ibañez e Heber Leaños; Juan Mercado, Luis Hurtado e Domínguez; Kevin Mina, Peredo e Juan Vogliotti.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.