é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Brasileiro

Publicada em 19 de agosto de 2018 às 17h54

Bahia sai na frente, mas cede empate e fica no 1 a 1 com o Cruzeiro

Tricolor ficou quatro minutos em vantagem, mas cedeu empate ao Cruzeiro

Victor de Freitas

2018-08-19-17-24_capacruzeiroxbahia20181
Fonte: Vinnicius Silva / Cruzeiro E.C.

Na tarde deste domingo, o Bahia conquistou mais um ponto fora de casa neste Campeonato Brasileiro. Em partida válida pela 19ª rodada, o Tricolor visitou o Cruzeiro e empatou em 1 a 1.

Com o empate no Mineirão, o Bahia subiu para a décima posição - ainda com um jogo a menos - com 22 pontos conquistados. O próximo desafio será contra o Internacional, na quarta-feira (22).

O JOGO

O começo de jogo foi marcado por maior domínio da posse de bola por parte do Cruzeiro, que, no entanto, pouco conseguia criar. Apenas aos 17 minutos o meia Thiago Neves recebe passe na grande área e chutou com perigo.

Por sua vez, o Bahia adotava a mesma postura dos últimos jogos, buscando atacar com investidas em velocidade pelos lados do campo. Para aumentar a agilidade no ataque, Enderson escalou Élber no lugar de Edigar Junio. Era com ele as jogadas pela ponta direita, enquanto Zé Rafael armava lances pelo lado esquerdo.

Em suas chegadas ao ataque, o Tricolor não conseguiu levar perigo ao goleiro Fábio antes do intervalo. Aos 30 minutos, Zé Rafael arriscou de fora da área, mas não acertou o alvo. No final do primeiro tempo, Gilberto tentou chute, também de média distância, mas apenas viu a bola passar ao lado da trave.

Nos acréscimos, Lucas Fonseca cometeu uma falta em local perigoso, porto da meia-lua. Thiago Neves, especialista em cobranças de bola parada, no entanto, chutou por cima do travessão.

Já na segunda etapa, o Bahia voltou a campo com a mesma postura, buscando segurar as tentativas de ataque do Cruzeiro e atacando sem correr riscos de contra-ataque. Quando não pôde parar a jogada cruzeirense, o Tricolor contou com a "sorte". Barcos apareceu livre de marcação, aos nove minutos, mas perdeu uma chance clara.

Aos 14 minutos, após um cruzamento perfeito de Vinícius, o ex-cruzeirense Douglas Grolli subiu mais do que a defesa adversária e cabeceou sem chances para Fábio, abrindo o placar.

Porém, a alegria tricolor durou apenas quatro minutos. Aos 18 minutos, Bruno cortou mal e deixou a bola livre para Egídio. Ele cruzou na cabeça de Thiago Neves, que empatou para o time da casa.

Depois de empatar, foi o Cruzeiro quem guem ganhou empolgação na partida. Thiago Neves acertou um forte chute de fora da área e levou perigo. Por outro lado, o Bahia conseguia desacelerar o ritmo do jogo, buscando manter a posse de bola.

No restante da partida, o Esquadrão conseguiu segurar os avanços da Raposa e garantiu mais um ponto como visitante no Brasileirão.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.