é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 03 de outubro de 2017 às 13h49

Juninho analisa disputa contra o Z-4 e evita comparação com rival

Volante vê 12 equipes em situações iguais na disputa para fugir do Z-4

Victor de Freitas

2017-09-20-17-53_capajuninhocoletiva3
Fonte: Felipe Oliveira/Divulgação/ECBahia

Após 26 rodadas no Campeonato Brasileiro, o Bahia tem 31 pontos e é um dos 12 times que estão envolvidos na briga contra a zona de rebaixamento.

Entrevistado do dia no Fazendão, o volante Juninho comentou sobre o desempenho do Bahia na luta contra o Z-4 disse não ver nenhum dos times ameçados em situação melhor do que os outros, além de garantir o Esquadrão com potencial para vencer o Palmeiras fora de casa.

"Então, do oitavo para baixo está todo mundo com desempenho de rebaixado. Quais times estão jogando futebol convincente? Então é parar de dar desculpas, trabalhar para chegar contra o Palmeiras e ter uma postura de vencer o jogo. Não vejo nenhum bicho-papão lá. São 11 contra 11, e sei que podemos vencer o jogo", disse o jogador.

Na coletiva, Juninho foi questionado sobre a chateação da torcida quanto à posição do Bahia e pelo fato de ter sido ultrapassado pelo rival na classificação. Porém, o jogador evitou fazer uma comparação com o Vitória.

"A gente entende o lado do torcedor, eles têm total razão para estar chateados, para cobrar. Estou triste por não fazer um campeonato melhor, por não poder brigar lá no alto. Mas essa situação de se comparar ao rival eu não faço, deixo isso para a torcida", comentou.

Campeonato equilibrado

"Acho que hoje nenhum time está assustando. Um dos times que faz o melhor futebol é o Grêmio, e a gente ganhou deles. Muitos jogos são decididos nos detalhes. Tenho certeza que o Preto vai consertar os detalhes que precisam ser ajustados para que a gente possa fazer um grande jogo contra o Palmeiras".

Dupla com Rêne Júnior na próxima rodada

"Acho que os dois (Renê Júnior e Edson) são grandes jogadores. O Renê, pra mim, foi quem teve a maior regularidade na competição. Torcer para ele volte no mesmo nível que estava, porque ele vai ter muito para nos ajudar".

Importância de treinos

"Acho que temos que aproveitar os dias para trabalhar, se dedicar muito. Não pode só ficar da boca para fora, tem que se dedicar realmente. Nada vence o trabalho. Nossa equipe já mostrou que tem qualidade, então cabe à gente mostrar isso outra vez".

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.