é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Nordestão

Publicada em 17 de maio de 2017 às 16h08

Relembre os títulos do Nordestão conquistados pelo Bahia

Tricolor tenta voltar a vencer a competição após 15 anos

Victor de Freitas

2017-05-17-15-55_Capabahiaxsport2001
Fonte: Heitor/DP

Nesta quarta-feira (17/05), o Bahia enfrentar o Sport pela primeira partida da final da edição de 2017 da Copa do Nordeste, competição na qual o Esquadrão busca voltar a ser campeão após 15 anos de sua última conquista.

Bicampeão brasileiro e clube de maior torcida do nordeste, o Bahia tradicionalmente é um dos favoritos ao título do Nordestão. Na edição deste ano, não foi diferente. O Esquadrão iniciou o torneio novamente como um dos postulantes à final e até então tem a melhor campanha da competição.

Finalista em 2015 e semifinalista em 2016, o Bahia possui duas taças de campeão nordestino - do atual modelo- em sua galeria, conquistadas em sequência nas temporadas de 2001 e 2002.

2001 - BAHIA X SPORT

Em 2001, quando a competição era chamada de Campeonato do Nordeste, o Esquadrão de Aço chegou à decisão com a vantagem de decidir na Fonte Nova. Em jogo único, o Bahia venceu por 3 a 1 com gols de Preto e Nonato (2x).

O time campeão de 2001: Emerson, Japinha, Jean Elias, Carlinhos e Jefferson; Preto, Bebeto Campos, Capixaba e Alex Oliveira; Robgol e Nonato. Técnico: Evaristo de Macedo.

2002 - BAHIA X VITÓRIA

Em 2002, o Bahia chegava na Copa do Nordeste empolgado por ter sido campeão do torneio, pela primeira vez, em 2001.

Para a temporada de 2002, a contratação do centroavante Sérgio Alves empolgou a torcida. O atacante repetiu o sucesso feito pelo Ceará no ano anterior. No Tricolor, foi goleador do Nordestão, com 13 gols, e ainda "de quebra" marcou um gol antológico contra o Fortaleza, de bicicleta.

As finais foram inesquecíveis, com o Bahia levando vantagem sobre o rival Vitória na partida de ida. Com um público de 63 mil pessoas na Fonte Nova, o Tricolor venceu o Ba-Vi de ida por 3x1, com gols do trio Sérvio Alves, Nonato e Robgol. Na volta, Nonato marcou os dois gols tricolores do empate em 2x2.

O time campeão de 2002: Emerson; Mantena, Marcelo Souza, Valdomiro, Chiquinho; Ramalho, Preto Casagrande, Bebeto Campos; Sérgio Alves, Robgol e Nonato. Técnico: Bobô.

O Esquadrão também conquistou a competição - em outros formatos - nos anos de 1948, 1959, 1961 e 1963.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.