é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 19 de março de 2022 às 21h19

Após nova eliminação, Guto volta a afirmar que Bahia está evoluindo

Técnico fala em 'sentimento de tristeza', mas reafirma que Bahia está em momento de evolução na temporada

Victor de Freitas

guto46
Fonte: Rafael Machaddo / EC Bahia

O Bahia fez sua torcida novamente sentir o sabor amargo de um vexame. Assim como já se tornou habitual nos últimos anos, a incompetência dentro e fora de campo definiu mais uma eliminação vergonhosa.

Após a segunda eliminação consecutiva na mesma semana, desta vez na Copa do Nordeste, o técnico Guto Ferreira falou com a imprensa, garantiu estar triste pelo resultado, mas demonstrou que está satisfeito com o nível de atuação da sua equipe, que, para ele, está evoluindo.

“Primeiro que essa situação é muito doída para o Esporte Clube Bahia, maior campeão da competição. É uma situação muito doída para minha pessoa como treinador. É minha quinta participação e a primeira vez que não chegou à fase final. Foram duas vezes na final, uma que saí do clube antes classificado para a semifinal, duas vezes campeão, uma vice-campeão nos pênaltis. Nessa oportunidade, não chegamos ao nosso objetivo. É um sentimento de tristeza por não conseguir atingir o objetivo”, afirmou o treinador.

Com a eliminação, o Bahia passará a vergonha de ficar quase três semanas sem entrar em campo para uma partida oficial. Será um período inteiramente voltado para treinamentos no CT Evaristo de Macedo.

Guto falou que o momento é de saber como aproveitar o tempo para preparar a equipe visando a Série B.

“Por outro lado, temos que ser inteligentes nesse momento e procurar aproveitar e utilizar da melhor maneira possível o espaço para preparar que não tivemos no primeiro momento para colocar o grupo na melhor condição possível para fazer uma grande competição. E isso não é o Bahia. Já houve várias equipes na Série B, Série A, de não conseguir o início de ano muito bom e conseguir, depois, dar uma volta e ser campeão da Série B, vice-campeão da Série A. Enfim. Ter resultados bastante expressivos. É essa a nossa atitude, esse é o nosso pensamento para com o Bahia a partir de agora".

Guto reafirma que Bahia está em evolução

Assim como afirmou após a eliminação no Campeonato Baiano, Guto Ferreira repetiu o discurso de que a equipe está em evolução na temporada por causa dos triunfos sobre equipes do nível de Jacuipense, Vitória da Conquista e Sergipe.

Na opinião do treinador, quando houve tempo para trabalhar o nível da equipe subiu.

“Tiveram vários problemas e estão sendo buscadas as soluções. Muitos problemas começaram lá atrás e acaba afetando hoje. Questão de contratações, questão de calendário, questão de sequência, enfim... Resultados que não conseguimos também. Tem erro nosso também".

"A gente não se omite dos nossos resultados, mas à medida que a gente consegue espaço para poder corrigir os erros, os resultados começaram a acontecer. Isso também mostra que não está tudo errado. Tem muita coisa certa, sim, e é possível crescer a partir disso”.

“Quando você não ganha, parece que tudo está errado. Mas a equipe vem mostrando uma evolução".

"Dentro da competição (Série B), já peguei equipes em 13º lugar e não só conseguimos o acesso, como o vice-campeonato na Série B. E equipe que no primeiro semestre não conseguiu evoluir nada. Cada competição é uma. O mais importante é ter ciência de onde e como errou, corrigir os erros da melhor maneira possível, se fortalecer onde você acha que está fraco, para que possa fazer a equipe crescer. E nesse momento quem mais sabe disso é quem está dentro do clube. Staff, direção, comissão, e mostrando sim que o trabalho de campo vem evoluindo. É assim que a gente pensa e assim que a gente vai começar a competição, com os resultados acontecendo. Esse primeiro semestre desastroso vai ser superado com um Campeonato Brasileiro com objetivo conquistado”.

Depender de outros resultados na última rodada

“A gente não queria ter deixado para a última rodada, mas na última partida antes dessa, em casa, tomamos um gol nos acréscimos. O empate (contra o Sport), nos daria a classificação. São erros que vêm acontecendo, que você não prevê e não planeja, e que você precisa ter a confiança para passar desses problemas. E quando não passa, fica a mercê dos adversários também. Infelizmente nas duas competições, ficamos à mercê dos adversários e não aconteceu a classificação. Agora não podemos. Precisamos pensar só em nós e terminar entre os quatro para colocar o Bahia no lugar que lhe cabe sempre”.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.