é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 05 de setembro de 2022 às 12h05

Ferido em briga entre organizadas participou de atentado a ônibus

Integrante de organizada participou do ataque ao ônibus do Bahia, em fevereiro, e está internado no HGE após briga neste último domingo

Da Redação

briga
Fonte: Divulgação

Uma briga entre organizadas de Vitória e Bahia resultou na morte de uma pessoa e em pessoas feriadas no bairro de São Caetano, em Salvador, neste último domingo (4).

Um dos feridos que foram levados ao HGE é membro da organizada Bamor e estava entre os envolvidos identificados pela Polícia no atentado ao ônibus do Bahia, em fevereiro deste ano.

Naquela ocasião, uma bomba foi lançada e feriu alguns jogadores que estavam sendo levados para a Arena Fonte Nova – incluindo Danilo Fernandes, que precisou passar por uma intervenção cirúrgica no olho.

Segundo o jornal Correio*, um dos feridos na briga de domingo se chama Marcelino Ferreira, mais conhecido como “Netinho”. Ele é puxador da organizada Bamor.

Também segundo o Correio*, o integrante da organizada sofreu uma grave lesão no olho e fraturou um braço. Não corre risco de morte, mas segue internado no Hospital Geral do Estado.

Outras duas pessoas estão internadas no hospital sem risco de morte. Entretanto, um deles sofreu afundamento de crânio.

O proprietário do carro que atropelou pessoas está foragido. Duas pessoas já foram autuadas em flagrante por tentativas de homicídio, além do próprio condutor do veículo.

“Ao longo da instrução, da oitiva das pessoas, ficou confirmado que dois deles participaram diretamente da agressão. Após o atropelamento, quando as vítimas se encontravam ao solo, um arremessou uma pedra na cabeça das vítimas e outro por um chute na cabeça. Os dois foram autuados em flagrantes por tentativa de homicídio”, disse o delegado Jorge Figueiredo, da PC-BA, em entrevista à TV Bahia.

A briga neste último domingo poderia terminar em uma tragédia ainda maior.

"Foram apresentados facas, pedras também, barrotes de madeira e drogas que foram apreendidas com essas pessoas", explicou o major da PM-BA, João Daniel.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.



casas de apostas brasileiras