é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 10 de dezembro de 2023 às 19h24

‘Quero permanecer o máximo de tempo possível no Bahia’, diz Marcos Felipe

Goleiro renovou contrato com o Bahia até 2027

Victor de Freitas

mfelipe14
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

A exemplo de Kanu, Marcos Felipe também chegou por empréstimo e agradou à diretoria do Bahia a ponto ter sido adquirido ainda no meio da Série A.

Marcos Felipe vinha de uma temporada de poucas partidas com a camisa do Fluminense, após perder espaço para o veterano Fábio. Entendendo que o número de jogos continua pequeno em 2023, optou por aceitar defender o Bahia, onde rapidamente assumiu a titularidade.

Com contrato garantido até dezembro de 2027 com o Esquadrão de Aço, o goleiro descarta pensar em possíveis ofertas de outros clubes.

"Não, ainda não. Minha cabeça está 100% no Bahia. Assinei o novo contrato há pouco tempo e quero permanecer o máximo de tempo possível no Bahia", disse o arqueiro, em entrevista ao ge.globo.

Como goleiro, Marcos Felipe por vezes foi colocado como um dos vilões dos problemas defensivos demonstrados pelo time ao longo de toda a temporada. O Tricolor levou 53 gols em 38 jogos, sendo uma das piores defesas da competição.

Para o goleiro, no entanto, o time é um conjunto e os problemas defensivos são do time como um todo – e não só dos defensores.

“Eu creio que não especificamente da defesa, é um conjunto. Tanto que, acredito, quando se faz gol na lá frente, a defesa também é exaltada. Ajudou a travar o ataque adversário. A mesma coisa o ataque. Nos ajuda a defender, está todo mundo junto. Ganha todo mundo, perde todo mundo. Não tem culpado de nada. A questão dos gols é que existe um adversário qualificado do outro lado. Então, de todas as formas, tentamos neutralizar. Às vezes a estratégia não funciona e acabamos sofrendo os gols”.

Depois de um ano marcado por luta contra o rebaixamento até o último minuto, Marcos Felipe diz que a principal lição deixada é a mentalidade do time para suportar pressão e sair de má situação.

“O que deixa de lição é a perseverança, acreditar sempre. Nós formamos um grupo, apesar de ter muitos jovens, mas muitos meninos que têm mente vencedora, muitos meninos que acreditavam que tudo poderia dar certo e é isso que fica para a gente. Esperamos que, ano que vem, possamos deixar o Bahia na parte de cima da tabela e fazer de tudo para brigarmos por coisas grandes”.

Marcos Felipe terminou o ano como o jogador que mais vezes entrou em campo com a camisa do Bahia. Foram 63 atuações no total, tendo sofrido 78 gols.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.



casas de apostas brasileiras