é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Nordestão

Publicada em 26 de abril de 2021 às 14h59

Bicampeão da Copa Verde, Dado Cavalcanti busca título no Nordestão

Técnico fala sobre motivação de chegar à decisão da Copa do Nordeste

Victor de Freitas

O Bahia vai enfrentar o Ceará na final da Copa do Nordeste 2021. A classificação foi conquistada após eliminar o Fortaleza nas penalidades, na noite deste último sábado (24), em plena Arena Castelão.

Chegar a uma final de torneio regional não é novidade para o técnico Dado Cavalcanti, que já foi campeão em duas oportunidades da Copa Verde – torneio que engloba times das regiões Norte, Centro-Oeste e do Espírito Santo.

Dirigindo o Paysandu em duas de suas três passagens pelo clube paraense, Dado foi campeão da competição regional nas edições de 2016 e 2018. São seus maiores títulos da carreira, até então.

Com a vaga conquistada para a decisão, Dado Cavalcanti relata o fator motivacional de disputar uma final de Copa do Nordeste e afirma que esse resultado eleva sua confiança para a sequência do trabalho à frente do Bahia.

“Primeiro, alegria de chegar à final. Tantos adversários pela frente. Agora restam duas equipes que demonstraram qualidade, têm merecimento de estarem na final. Primeiro, sentimento de alegria. Ao mesmo tempo, é motivante, para que a gente dê sequência no trabalho, e que dessa vez o troféu fique em Salvador”.

Além das conquistas regionais da Copa Norte, Dado também conta em seu currículo com títulos estaduais: Rondoniense em 2006 e 2007, Pernambucano em 2009, Mato-grossense em 2012 e o Paraense em 2016. Em 2020, participou do título baiano dirigindo o time nos sete primeiros jogos.

O Bahia não vence a Copa do Nordeste desde 2017, quando foi campeão diante do Sport na final. Em 2018 e em 2020, o Tricolor foi finalista, mas ficou em segundo lugar. No ano passado, o adversário na decisão foi o mesmo Ceará.

Dado Cavalcanti campeão da Copa Verde em 2016 e em 2018:

Presidente do Paysandu fala de pressão no cargo, título, planejamento  financeiro e busca por acesso. Veja a entrevista: | paysandu | ge

Troféus da Copa Verde foram produzidos com madeira da COOMFLONA | Revista  Pará+

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.